Remédios Caseiros #D

[ 1 ] outubro 20, 2012 |

Debilidade geral, raquitismo ou anemia
Dentes
Dentes amarelados
Dentes amarelos ou mau hálito
Dentes encardidos
Dentes inflamados
Desidratação
Desmaios
Desordens na circulação
Destroncamentos
Diabete
Diarréia
Diarréia de neném
Diarréia e desidratação
Dentição no período de dentição
Difteria
Disenteria
Disenteria ou diarréia
Distúrbio das vias urinaria
Distúrbios do estomago, do fígado ou enjôos
Diurético
Doenças da pele
Dor ciática
Dor ciática ou gota
Dor de barriga
Dor de cabeça
Dor de dente
Dor de dentes ou inflamações
Dor de garganta
Dor de garganta ou tosse
Dor de ouvido
Dor e inflamação do ouvido
Dores e infecções do estomago
Dores em geral
Dores lombares ou picadas de insetos
Dores musculares
Dores na coluna
Dores nas articulações
Dores na sola do pé
Dores no estomago
Dores nos rins
Dores provocadas por queda
Dor localizada
Dor nos olhos

Debilidade geral, raquitismo ou anemia

  • Óleo de fígado de bacalhau que, alem de ingerido, pode também ser esfregado no corpo.

Dentes

  • Para uma perfeita conservação dos dentes, tome as seguintes medidas: quando a criança  trocar toda a sua primeira dentição (dentes de leite) pela segunda, aplique leite de cabra durante vários dias em sua gengiva (da criança). Isto conservara os dentes da criança livres de caries.

Dentes amarelados

  • Pegue uma pedra macia de carvão, lave bem e esfregue nos dentes. Logo após, escove-os.
  • Para clareá-los, esfregue ou mastigue folhas de goiabeira, pois elas contem muita clorofila. Faça isso 2 vezes por semana.
  • Torre no forno uma berinjela. Triture-a bem e misture o po obtido em uma parte igual de sal. Coloque vinagre ate virar uma pasta, e escove os dentes com esta pasta, lavando em seguida, a boca com água.

Dentes amarelos ou mau hálito

  • Em um copo d’agua adicione 5 gotas de mercuriocromo. Faça gargarejos freqüentemente

Dentes encardidos

  • Raspe o caule do juazeiro. Com o pó obtido, escove os dentes.

Dentes inflamados

  • Em um copo d’agua morna, pingar 30 gotas de iodo. Bochechar varias vezes ao dia.
  • Amasse bem alguns brotos de folhas de tomateiro e aplique sobre o dente afetado.
  • Faça bochechos freqüentes de chá de folha de tomateiro com um pouco de sal.
  • Faça um chá (ou rescaldo) com 1 colher (chá) de pimenta-do-reino em ½ copo d’agua, 5 folhas de batata-doce e sal. Faça bochechos, 3 vezes ao dia.

Desidratação

  • Quando na fase inicial, bata uma clara de ovo ate quase o ponto de neve e misture a 1 litro de água fervida e a 1 colher (chá) de sal. De aos poucos. O sal provoca a sede e faz com que se possa dar mais água. A albumina da clara corta a desidratação.
  • Esprema laranjas frescas, afervente o suco com um pouco de açúcar e beba-o quando estiver morno.
  • Tome imediatamente um cálice cerveja preta (qualquer marca), repetindo a dose de 2 em 2 horas.

Desmaios

  • Triture um dente de alho e deixe a pessoa sentir o cheiro ao máximo. Em seguida faça uma leve massagem no pulso do paciente com alho esmagado.
  • Embeba um pequeno chumaço de algodão em uma solução de amônia, passando-o algumas vezes pelas narinas da pessoa desmaiada. Ela se recuperará rapidamente.
  • Deitar a pessoa horizontalmente, afrouxar-lhe as vestes, e salpicar-lhe em água fria ou friccionar-lhe os pulsos com uma mistura de vinagre. Fazê-la cheirar essência de amoníaco e esfregar-lhe os pés.

Desordens na circulação

  • Misturar flores de alfazema e folhas de alecrim, em partes iguais. Fazer um chá usando 1 colher (chá) da mistura para 1 xícara de água fervendo. Tomar 1 xícara pela manha e a tarde, durante varias semanas. É recomendável usar também o banho com a mesma mistura, devendo-se, neste caso, proceder da seguinte maneira: derramar 1 litro de água fervendo sobre 100 gramas da mistura. Deixá-la coberta durante 30 minutos, depois coar o liquido e acrescentar a água do banho. Banhar-se durante 10 minutos, 3 vezes por semana. Como o efeito é estimulante, evite tomar o banho a noite.

Destroncamentos

  • Faça uma pasta de clara de ovo e enxofre, coloque no local atingido e amarre com um pano.

Diabete

  • Tome chá de folhas de pé de graviola e de caramboleira sempre que sentir sede.
  • Junta-se carqueja e pata-de-vaca e faz-se um chá.
  • Faça um chá com folhas de sabugueiro e tome 3 xícaras por dia, durante 3 meses seguidos.
  • Tome pela manha 1 copo de coalhada, acompanhado de 1 colher de suco de limão.
  • Faça um chá de corticeira e tome, quando sentir sede, no lugar de água. Em 1 mês, você notara a baixa da taxa de açúcar.
  • Corte um galho de unha-de-vaca de mais ou menos 100 gramas, com folha e flor. Soque e coloque em infusão em1/2 litro de álcool, durante 20 dias. Tome 20 gotas, todos os dias, pela manha.
  • Em 1 litro de álcool absoluto, colocar 200 gramas de casca de unha de vaca (cor branca), deixando em repouso durante 10 dias. Tomar em jejum 10 gotas com água ate que baixe a porcentagem de açúcar no sangue.
  • Para tratar deste mal, faça chá das folhas, casca e raízes de mororó.
  • Faça um chá com 19 folhas de jambo em 2 litros de água. Deixe ferver ate que fique 1 litro. Tome este chá durante 1 dia e só repita depois de 6 meses.
  • Faça um chá com folhas e sementes da planta conhecida como fura-paredes, erva-de-santana ou quebra-pedra, na proporção de 10 gramas por 1 litro de água. Tome de 2 a 3 xícaras por dia.

Diarréia

  • Em um copo de água fria misture 1 colher e meia (chá) de maisena, suco de 1 limão e 1 colher (chá) de açúcar. Beber no lugar de água.
  • Como 3 alcachofras por dia, cruas e com sal, ou em salada.
  • Ferva 25 gramas de arroz em 1 litro de água, durante1/2 hora. Beba antes das refeições.
  • Coloque 20 gramas de amido dissolvido em ½ litro de chá de raízes de malva.
  • Esmague e coe algumas amoras maduras. Leve ao fogo brando e deixe ferver ate o ponto de xarope. Tome as colheradas.
  • Forme uma papa de limão com farinha de mesa. Engula as colheradas.
  • Tome cha de ervas, desde a manha ate a noite. É importante que você sue. Assim seu corpo fica limpo e expulsa os resíduos tóxicos.
  • Tome 1 colher (chá) de polvilho doce misturado em ½ copo de guaraná (refrigerante).
  • Faça um chá com a casca de romã, pó de quina (arvore originaria do peru, notável por suas propriedades antitérmicas) e broto de goiabeira. Tome quando estiver frio.
  • Faça uma dieta de maça ralada, rale 1 quilo de maça e coma-a a intervalos regulares durante o dia, às colheradas. Não coma mais nada. No dia seguinte a diarréia deverá ter passado.
  • Molhe algum pão grosso (pão preto, por exemplo) em água quente durante 15 minutos. Beba a água e coma depois o pão molhado.
  • Após colocar 1 colher (sopa) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de açúcar e o suco de 1 limão em um copo, encha-o com água. Com auxilio de outro copo, passa essa mistura de um copo a outro, ate que fique espumosa. Beba de uma só vez.
  • Para cessar a diarréia, coma 1 a 2 maçãs.
  • Faça uma fenda em uma bananeira, e retire a tampa. Ponha um pouco de açúcar e recoloque a tampa. No dia seguinte, retire a água que ficou na fenda e beba em 2 vezes, serve para adultos e crianças.
  • Ferva couve flor em água com um pouco de manteiga, pão torrado e sal. Beba esta solução frequentemente, no decorrer do dia.
  • Faça um chá com cascas de laranja bem secas. Beba-o morno.
  • Tome 1 xícara de chá de casca seca de cebola.
  • Faça um cha com 10 folhas de quina-do-mato e 1 copo d’água. Tome no lugar da água, todos os dias.

Diarréia de neném

  • Se o neném esta com diarréia, bata 1 clara de ovo em neve, coloque-a num panoe ponha sobre a barriga do bebê.
  • Cozinhe 2 colheres de arroz em 1 litro de água, ate amolecer o arroz. Coe, e com o liquido obtido faça a mamadeira do bebê.

Diarréia e desidratação

  • Com 1 litro de água filtrada faça um soro, adicionando 1 colher (café) de sal e 1 colher (sopa) de açúcar. Tome um copo do soro de hora em hora.

Dentição no período de dentição

  • Cozinhe um pouco de raiz de sapê e dê ao poucos durante todo o dia.

Difteria

  • Tome e faça gargarejos com suco de cebola crua e ralada, misturando com um pouco de azeite de oliva.

Disenteria

  • Tome um chá forte da casca do caule de jambolão, também chamado de Jamelão. Beba em grande quantidade no lugar de água.
  • Quando o bebe estiver com disenteria, de a ele água de arroz cozido.
  • Para cessar rapidamente, coma 3 bananas, de preferência gelada.
  • Bata uma clara de ovo em neve. Engula em jejum, com um copo de água. Conforme o caso, repita por 3 dias consecutivos.

Disenteria ou diarréia

  • Faça um chá de algodoeiro na proporção de 10 gramas de folhas para 1 litro de água. Tome 4 a 5 xícaras por dia.

Distúrbio das vias urinaria

  • Faça um chá de folhas de begônia ( planta ornamental). Tome 1 xicara, de 3 em 3 horas.
  • Faça um chá de barba de milho. Tome 3 vezes ao dia.
  • Prepare uma infusão de 20 grams de hera terrestre em 1 litro de água fervente. Tome 1 litro por dia.
  • Corte grama comum, amasse-a e deixe ferver por ½ hora em água. Coe e tome em porções adoçadas.

Distúrbios do estomago, do fígado ou enjôos

  • Faça um chá preto com cascas de cebolas e 2 folhas de louro. Tome aos pouquinhos, durante o dia.

Diurético

  • Ferver barba de milho em 2 litros d’água, durante 10 minutos. Filtre a infusão e beba durante o dia como água.

Doenças da pele

  • Coloque folhas de janatuba de molho em 1 litro de água. Deixe durante algumas horas. Tome um copo desta água por dia.

Dor ciática

  • Limpa-se uma boa quantidade de aipo, corta-se em pequenos pedaços e ferve-se bem com alhos, cebolas e algumas gotas de azeite. Tomar com bastante suco de limão.

Dor ciática ou gota

  • Faça cataplasmas e compressas quentes com folhas de eucalipto. Aplique na região dolorida e fique em repouso.

Dor de barriga

  • Tome 1 colher de vinagre num copo d’água.
  • Escolha algumas folhas de parreira, verificando se não tem remédios para praga, e leve para ferver com água ate que esta fique esverdeada. Tome morno, aos poucos.
  • Esmague algumas folhas de erva-de-santa-maria, e misture-as em um copo com leite. Coe e beba em seguida.
  • Junte algumas folhas do pé de melão e leve ao fogo com uma colher (sopa) de açúcar, por 10 minutos. Deixe esfriar e beba.
  • Faça um chá de erva-cidreira e tome-o morno, 2 vezes ao dia.
  • Em 1/4 parte d’agua, coloque ¼  de vinagre tinto. Junte 4 colheres (chá) de polvilho azedo. Misture e deixe por alguns minutos até que o polvilho se dissolva. Tome de uma só vez. Repita a operação, se não melhorar logo.
  • Faça um chá de jabuticabeira. Beba periodicamente.
  • Coloque em uma vasilha, com ½  litro de água, 2 folhas de laranja-da-terrae um pedaço da casca da laranja-da-terra. Deixe ferver por 5 minutos. Beba a vontade e sem açúcar.

Dor de cabeça

  • Amasse bem 5 folhas de camomila, e ponha em ½ copo de água com 1 pitada de bicarbonato de sódio. Espere 3 minutos e beba.
  • Seque ao sol algumas cascas de laranja. Depois de secas, guarde-as para quando necessitar. Esse em forma de chá.
  • Tome chá de folhas de sálvia com açúcar à vontade.
  • Fazer um chá de alfazema na proporção de 8 gramas por litro de água, tomando de 3 a 4 xícaras por dia. Também indicado para nervosismo. Em cataplasmas quentes, acalma dores reumáticas.
  • Faça uma xícara de chá preto sem colocar açúcar, tome e depois se deite.
  • Mergulhe as mãos em uma bacia de água quente e coloque na cabeça uma bolsa de gelo. Explicação: a água quente dilata as veias da mãos, fazendo com que o sangue circule mais facilmente. As veias da cabeça sofrem vasoconstriçao (diminuem de volume) e acabam com a compressão contra a caixa craniana, eliminando a dor.
  • Para acabar com a dor de cabeça e a tonteira provocada pela embriaguez, cheire amoníaco.
  • Faça chá das seguintes ervas: 10 folhas de alfazema; 3 galhos de alecrim; 3 folhas de sena; 3 folhas de cidreira de folha redonda; 3 folhas de arruda; 1 litro de água. Tome este chá quente e se agasalhe bem. Logo a dor cessará.
  • Embrulhe em um pedaço de pano alguns cubos de gelo e coloque na fronte por algum tempo.
  • Acabe com a dor de cabeça (cefaléia) preparando em copos diferentes uma limonada e uma solução de 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio em ½ copo d’água. Beba a solução antes da limonada e fique mais hora sem ingerir coisa alguma.
  • Peque uma folha de mamona, leve ao fogo e, quando estiver bem quente, enrole-a num pano e coloque em volta da cabeça.
  • Quando estiver com dor de cabeça, tome um copo de suco de cereja e a dor passará rapidamente.
  • Faça uma mistura de pó de café com manteiga ou óleo e espalhe sobre a testa, colocando um papel bem fino por cima. A dor cessará imediatamente.
  • Queime a ponta de um barbante, apague-o e aspire profundamente fumaça.
  • Ponha rodelas de batatinha crua sobre a testa, durante alguns minutos.
  • Ultilize uma folha nova de café, coloque-a no fogo e deixe esquentar um pouco. Pingue algumas gotas de cânfora sobre a folha quente e, em seguida, coloque-a num pano, amarre-a então na testa, ate a dor desaparecer.
  • Deite na cama, com os pés apoiados na cabeceira, de forma que eles fiquem bem altos. Relaxe o corpo e respire fundo 10 vezes seguidas, com os braços bem soltos e abertos. Fique deitado por 10 a 15 minutos por dia.
  • Espalhe alho moído na testa que a dor cessará rapidamente.
  • Para cessar a dor de cabeça, aperte com dedo por alguns minutos, a região localizada entre os olhos.
  • Machuque algumas folhas de hortelã graúdas, prendendo-as na testa com um pano.
  • Misture tutano de boi com pó de canela, uma pitada de sal  e uma de café. Aplique esta mistura no local dolorido com um pedaço de papel de pão.
  • Respire, fechando sempre uma das narinas, e massageie levemente a nuca.

Dor de dente

  • Faça bochechos com aguardente.
  • Faça gargarejos com chá de folha de goiabeira.
  • Anestesia-se a gengiva, massageando-a com algodão embebido em tintura de iodo.
  • Passe nas gengivas uma mistura de gema de ovo e mel.
  • Esfregue óleo de cravo (o tempero, não a flor) nas gengivas.
  • Faça gargarejos com um chá de folhas de tangerina (mexeriqueira).
  • Faça um chá com folhas de batata-doce e bocheche com o chá ainda quente.
  • Coloque no dente (se estiver cariado) um chumaço de algodão embebido em essência de cravo.
  • Passe leite de babosa nas gengivas tantas vezes quantas forem necessárias.
  • Embeba um chumaço de algodão com leite de pinhão-roxo. Aplique no dente afetado.
  • Ponha no dente atingido (cariado) um chumaço de algodão embebido em sumo de folhas de hortelã.
  • Amasse 1 dente de alho e passe sobre o dente dolorido. A dor não demorará a passar.
  • Com vinagre e sal faça gargarejos. Cravo-da-india mascado também dá ótimos resultados.
  • Cozinhe, em ½ litro d’ água, 5 folhas de malvona. Deixe esfriar e faça bochechos.
  •  1- tirar a cabeça de um palito de fósforo; 2- um dente de alho. A massar junto com uma pitada de pimenta-do-reino. Misturar álcool e colocar no dente com um pedaço de algodão.
  • Na falta de sedativo, fique de pé, dentro de meio balde ou bacia de água fria, durante 5 minutos.
  • Faça um bochecho com folhas de batata-doce. Em seguida bocheche o chá quente e, após isto, evite ingerir líquido e alimentos gelados.
  • Ferva fumo de corda com água e depois coloque uma dose de álcool e faça bochechos. Logo a dor cessará.
  • Junte 1 xícara de aguardente (cachaça), 1 colher (sopa) de açúcar, 3 folhas de arruda e ½ xícara de água. Leve ao fogo e deixe ferver por pouco tempo. Com esta solução ainda morna, faça bochechos varias vezes ao dia.
  • Lave em água quente um punhado de barbas de milho. Depis, deixe por alguns minutos no vapor de água com vinagre. Coloque no dente doido por 30 segundos.
  • Prepare uma infusão com 6 gramas de folhas de agrião-do-para (nhambu). Deixe esfriar e tome 1 xícara.
  • Para aliviar dor de dentes, na falta de anestésicos, use um algodão embebido em conhaque, rum ou uísque.
  • Faça bochechos com chá quente de erva-cidreira.
  • Ferva um copo d’água com 3 colheres (sopa) de vinagre e colher (sopa) de sal. Gargareje com a solução ainda quente.
  • Moa um cravo e coloque-o sobre o dente.

Dor de dentes ou inflamações

  • Ferva algumas folhas de feijão-guando, deixe amornar e bocheche varias vezes por dia.

Dor de garganta

  • Faça um chá com algumas folhas malva. Deixe esfriar e coe. Gargareje 3 vezes ao dia.
  • Parta uma romã em cruz e leve ao fogo com um pouco d’ água para cozinhar. Faça gargarejos com a água do cozimento.
  • De manha, antes de escovar os dentes, engula um pouco de sal. Repita durante 2 semanas seguidas.
  • Pincele as amídalas com azul-de-mileno, durante 5 dias. Use na hora de deitar
  • Coloque um pouco de angu quente ( em temperatura suportável)  sobre um pano e amarre-o (o pano) no pescoço. Quando o pano for esfriando, tro que o angu. Repita 3 vezes.
  • Faça gargarejos, durante alguns minutos, com uma solução de limão e 2 colheres (chá) de sal, 3 vezes ao dia.
  • Salpique sua garganta com soro de leite concentrado.
  • Faça gargarejos com salmoura quente.
  •  Chupe uma fatia de limão.
  • Misture, em um copo, 2 colheres (sopa) de vinagre, a mesmo quantidade de água quente e uma colherinha de sal. Gargareje.
  • Ferva 9 folhas de figueira em ½ litro de água. Tome, sem açúcar, 3 vezes ao dia.
  • Faça gargarejos com água quente misturada com suco de limão.
  • Coloque ½ quilo de farelo de cereal numa chaleira com 8 copos de água fervente. Acrescente um pouco de mel para dar gosto. Deixe ferver de 20 a 30 minutos, e depois espere esfriar. Beba pelo menos 8 copos durante o dia.
  • Para aliviar a dor de garganta, enrole no pescoço um pano embebido em álcool.
  • Faça gargarejos com chá de gengibre morno, 6 vezes ao dia.
  • Faça gargarejos com suco de cidra misturado com decoto (cozimento) de cebola e mel.

Dor de garganta ou tosse

  • Ponha um pouco de açúcar na boca e vá sorvendo bem devagar.

Dor de ouvido

  • Faça um mingau consistente de fubá. Ainda quente, coloque em dois pedaços de pano e aplique na forma de compressas em ambas as orelhas. Cuide para que não esteja muito quente a ponto de queimar; mantenha as compressas ate esfriar.
  • Esquente no fogo uma folha de balsamo-mirim. Depois esprema e pingue algumas gotas do sumo morno no ouvido afetado.
  • Esprema uma flor de algodão. Molhe um chumaço de algodão no sumo, pingue 3 gotas no ouvido afetado e tape com o próprio algodão.
  • Molhe um pedacinho de algodão no álcool; esprema-o bem para que saio o liquido. Então coloque o algodão no ouvido.
  • Contra as dores de ouvidos, freqüentes em bebês novinhos durante viagens para lugares de maiores altitude, ofereça de vez em quando, em mamadeira, uns goles de chá ou de água fervida. Isto faz com que a pressão ocasionada por estas diferenças de altitudes não o moleste.
  • Coloque uma gota de mel de abelha no ouvido afetado, 2 vezes ao dia.
  • Misture sumo de folhas de arruda com leite materno, embeba em um chumaço de algodão e coloque no ouvido afetado.
  • Pingue 2 gotas de azeite morno e coloque junto ao ouvido uma bolsa de água quente.
  • Pegue a vagem do algodão, antes que ela abra, esquente e , quando estiver morna, esprema 3 gotas no ouvido. A vagem bem nova é melhor.
  • Levante bem a cabeça, apoiando-a contra vários travesseiros, e depois coloque um saco d’ água quente sobre o ouvido afetado.
  • Derreta banha de galinha e, depois de amorná-la, coloque algumas gotas no ouvido, tampando-o com algodão.
  • Frite vários miolos da flor copo-de-leite em óleo caseiro. Quando sentir dor de ouvido, embeba algodão nesse óleo, colocando-o no ouvido.
  • Use um chumaço de algodão embebido em glicerina aquecida, 3 vezes ao dia, trocando sempre o chumaço. Em apenas um dia a dor cessará.
  • Aqueça uma toalha, ou um pano qualquer, no calor da chama do fogo, e coloque sobre o ouvido. Evite friagem.
  • Ponha uma gema em uma panela, leve ao fogo, tendo cuidado para não queimar. Retire o óleo que a gema ira desprender e, com o auxilio de um chumaço de algodão, pingue algumas gotas no ouvido.
  •  Pingue algumas gotas de leite materno e a dor cessará.

Dor e inflamação do ouvido

  • Em 1 colher das de chá coloque 1 folha de arruda e um pouco de azeite de oliva. Esquente-a ate ficar morna; depois pegue-a com um pedaço de algodão, colocando-a no ouvido. Se não tiver arruda, use dó o azeite.

Dores e infecções do estomago

  • Bata 1 litro de leite (fervido previamente) com uma boa quantidade de mastruz (erva-de-santa-maria). Guarde na geladeira. Tome 1 cálice antes das refeições.

Dores em geral

  • Friccione o local dolorido com folhas de funcho.

Dores lombares ou picadas de insetos

  • Coloque em 1 litro largo, ½ litro de álcool, um punhado de alecrim seco ou verde e uma pedra de cânfora. Soque com cuidado. Feche bem o vidro e guarde para usar quando precisar.

Dores musculares

  • Coloque em infusão no álcool, por alguns dias, a folha de costela-de-adao. Com o liquido massageio o local afetado, principalmente antes de dormir.
  • Triture 3 folhas de copo-de-leite e coloque em álcool. Deixe ate o dia seguinte. Depois, faça massagem com este liquido.

Dores na coluna

  • Ponha um cobertor no chão, aberto o suficiente para se enrolar. Umedeça uma toalha felpuda em água fervente e coloque-a dentro de um saco plástico. Coloque-a depois no meio do cobertor e deite-se em cima dela, enrolando-se com as pontas do cobertor, ate esfriar. Repita por mais 2 ou 3 vezes.
  • Ponha as sementes do melão-de-são-caetano em infusão no álcool, durante 1 semana. Faça aplicações na região lombar.
  • Coloque em uma garrafa: ½ litro de álcool, 2 caroços de abacate picados e algumas sementes ou folhas de eucalipto. Deixe em repouso por 48 horas. Aplique com massagens leves na região dolorida.
  • Para aliviar dores na coluna e bico-de-papagaio, pegue 6 pedaços de casca de pau-ferro, com aproximadamente 10 centímetros de comprimento e coloque-os num recipiente para infusão com água, aguardente ou vinho, até que um destes liquido adquira a cor da casca medicinal. Tome este liquido quando sentir sede ou ás refeições.

Dores nas articulações

  • Passar sebo de carneiro (quente) nas regiões doloridas.

Dores na sola do pé

  • Fazer uma pomada de lentilhas cozida em vinagre e aplicar, morna, na parte dolorida.

Dores no estomago

  • Coloque 1 colher (sopa) de vinagre de sidra de maça e 1 colher (sopa) de mel numa xícara com água fervida. Misture bem e, quando a temperatura baizer, beba vagarosamente. Tome 3 xícaras por dia.
  • Tire o centro, as sementes e pique varias maças. Adoce-as com um pouco de canela e mel. Coma-as bem devagar com uma colher.
  • Ponha um atoalha sobre o estomago e em seguida, coloque pedras de gelo sobre a toalha.
  • Um bom remédio e o chá de camomila com limão ou chá de erva-doce com leite quente. Recomenda-se para dor de estomago causada por ma digestão.
  • Faça um chá de noz-moscada e erva-doce. Tome antes de dormir ou quando estiver sentindo odres.
  • Quando estiver com a sensação de estomago “pesado”, ,olhe um pano em um mistura de água quente e vinagre. Deite de costas e coloque o pano sobre o estomago. Em breve o estomago funcionara suavemente.
  • Ponha algumas cascas de ovo para secar ao sol. Depois de secas, moa as cascas ate que fique um pó bem fininho. Ponha na boca e depois tome meio copo d’ água para facilitar a decida do remédio.
  • Cozinhe um punhado de chicória em água durante alguns minutos. Tome 1 xícara do caldo uma hora antes de tomar o café da manha, e uma xícara a noite, ao deitar.
  • Coma uma folhinha de balsamo em jejum.
  • Ferva varias folhas de losna em 1 litro de água e tome, depois de coado, com um pouco de açúcar.
  • Faça um chá bem doce de casca de laranja seca, com alguns pedaços de canela em pau. Tome bem quente 2 xícaras por dia.
  • Frite uma cenoura previamente cozida e junte 1 colher de mel . Coma esta mistura sempre que sentir dor no estomago.
  • Coloque um feixe de folhas de goiabeira em meia caneca d’ água e deixe ferver por 10 minutos. Retire do fogo, deixe esfriar e junte o sumo de limão inteiro. Beba em seguida.
  • Coma 3 bananas-pratas com mel, em jejum, por vários dias seguidos.

Dores nos rins

  • Tome chá de quebra-pedra misturado com folhas de abacateiro.
  • Faça um chá de salsa e tome 1 xícara, 3 vezes ao dia.
  • Tome, no lugar de água, chá de folhas de abacateiro.
  • Ferva alguns pedaços de frutos de cerejeira do capo (ou do mato), em 1 litro de água. Adoce e coloque na geladeira, e vá tomando diariamente no lugar de água.
  • Beba um chá feito de viuvinha (pequena folha verde e roxa), sempre que sentir sede.
  • Faça um chá bem forte com um caroço de abacate e algumas folhas de quebra-pedra, tomando 3 vezes ao dia.
  • Tome um chá de folhas de abacateiro ou chá de folhas de caramboleira durante o dia.

Dores provocadas por queda

  • Soque bem um punhado de arnica verde, esprema e coe o sumo. Tome aos pouquinhos.

Dor localizada

  • Leve ao fogo 1 xícara (café) de farinha de trigo com ½ litro de água e 1 colher (chá) de sal. Depois de pronto o mingau, deixe amornar e aplique no lugar da dor.

Dor nos olhos

  • Pegue algumas folhas de arruda e deixe de molho em água fria. Banhe os olhos algumas vezes ao dia.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Category: Medicamentos Caseiros

Sobre o Autor ()

Amante da tecnologia, porém ainda escravo de alguns rituais antigos, como não tomar remédios, gosto de tudo um pouco, sou chato e amo quem está ao meu redor, mais sobre mim? só me conhecendo mesmo. Um grande abraço.

Comments (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. lincoln alves disse:

    ola tenho diabetes tipo 1,em jejum era de 320 a 438 direto,quase entrei em coma antes de descobrir a doença,tomei de tudo até que encontrei um remedio caseiro de uma planta maravilhosa,no começo tomava 3 vezs ao dia,agora só um vez um dia sim outro nao,diabetes esta estabilizada em 87,90 nao passa disso,como de tudo sem restriçao,quem tiver interesse consigo esse remedio 500ml,200reais,pq estou vendendo pq se espalhar isso de graça jaja nao existira mais essa planta,ser humano é foda de controlar,entao quem tiver interesse meu e-mail é lincolnalves2010@bol.com.br,entrego em maos o remedio,lembrando esse remedio é apenas pra quem tem diabetes ALTA!!!

Deixe um comentário

likeface